-FRAN-

"Porque quando valer a pena, só alcançar não basta. Tem é que segurar forte entre os braços, tem que ser por inteiro." N.A.
Recent Tweets @_a_fran

"Quando se falava com ele e, o que era habitual, ele se deixava ir além dos limites do convencional e dizia coisas pessoais e singulares, então a palestra passava imediatamente a subordinar-se a ele, de vez que havia pensado mais do que os outros homens e tinha nas questões espirituais aquela quase fria objetividade, aquela segurança de pensar e de saber que só possuem os homens verdadeiramente espirituais, que carecem de toda ambição, que nunca desejam brilhar nem persuadir aos demais nem arvorar-se em donos da verdade."

- O Lobo da Estepe

Quem é "chegada" cuida. quem é "despedida" pede pra ti te cuidar sozinho.
O Amor Existe

"Já me cansei antes de ir pra estrada…

Peguei desgosto sem conhecer o que poderia me levar até onde as borboletas moram. Tentei, pouco, mas tentei do jeito que eu pude…
Caindo em mim, vejo que eu não consigo encontrar diversas respostas pras tuas perguntas e, com isso, acabo ficando comigo.”

- O Amor Existe

Não ir embora: ato de confiança e amor, comumente decifrado pelas crianças.
A Menina que Roubava Livros
O que se perde é infinitamente menor do que aquilo que se ganha. Você se perde nesta forma que você tem agora, mas ao mesmo tempo compreende que você é algo infinitamente maior. Você é o universo inteiro.
O Mundo de Sofia

(via trechosdelivros)

Novalis pôde então dizer que "o caminho permeado de mistérios conduz ao nosso interior". Ele queria dizer que as pessoas carregam o universo inteiro dentro de si e podem experimentar os segredos do mundo mergulhando em si mesmas
O mundo de Sofia

"Não que eu acredite que toda a miséria do mundo assolado pela raiva e a burrice vá frear sua marcha louca de uma hora para outra, e os exércitos se ajoelhem sob a beleza de um arco-íris monumental debruçado sobre todos os continentes. Mas ao menos estaremos juntos.

Amantes, amores, amados, avante. Ao trabalho!”

- André J. Gomes

Ódio vira regra, medo se faz prática, desespero se torna música. O sucesso de audiência é a nossa escandalosa miséria de todos os dias.
André J. Gomes
Tanta vida por viver. Então vivamos. O problema não está em olhar para o celular a todo momento, o problema está em olhar e não ver nada, ou ainda olhar no olho da pessoa a sua frente e não vê-la.
Derrubem os muros.
Afinal, essa é a questão. Não sabemos o que vai acontecer se derrubarmos os muros; não dá para ver o outro lado, não dá para saber se teremos liberdade ou ruína, resolução ou caos. Pode ser o paraíso ou a destruição.
Derrubem os muros.
Senão, vivemos em atenção constante, com medo, construindo barricadas contra o desconhecido, fazendo orações para nos proteger da escuridão, recitando versos de pavor e tensão.
Senão, nunca poderemos conhecer o inferno, mas também não encontraremos o paraíso. Não conheceremos o ar fresco nem saberemos como é voar.
Todos vocês, sejam lá quem forem, em suas cidades grandes ou vilarejos modestos. Encontrem tudo,aquele material duro, os anéis de metal, os fragmentos de pedra que preenchem seu estômago. E puxem, puxem, puxem.
Vou fazer um pacto com vocês: eu farei se vocês fizerem, sempre e para sempre.
DERRUBEM OS MUROS.
Réquiem

"Uma frase antiga, um trecho proibido de um texto que Graúna me mostrou uma vez, volta à minha cabeça: Quem pula pode cair, mas também pode voar.
É hora de pular.”

Réquiem

— Estamos tomando a cidade de volta. Estamos tomando nossos direitos e liberdade de volta. Juntem-se a nós.Derrubem os muros. Derrubem os…

Tony desliga o rádio.

Réquiem - Delírio

Não entendo como tudo muda, como as camadas da vida vão sendo enterradas. Impossível. Em algum momento, em alguma hora, todos devemos explodir.
Réquiem
Mas talvez a felicidade não esteja em escolher. Talvez esteja na ficção, em fingir que, onde quer que formos parar, era o lugar aonde pretendíamos chegar o tempo todo.
Réquiem

"Quem sabe? Talvez eles tenham razão. Talvez nossos sentimentos nos enlouqueçam. Talvez o amor seja mesmo uma doença e ficaríamos melhores sem ele.
Mas escolhemos um caminho diferente. E, no fim das contas, este é o motivo para fugirmos da cura: somos livres para escolher.
Somos livres inclusive para escolher o que é errado.”

- Réquiem